Poupançudos

Necessidade: Atrair o público infantil e, por consequência, os adultos responsáveis por elas, a fim de que o produto voltasse a ter um apelo capaz de apresentar crescimento expressivo. Ao conquistar jovens poupadores, a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL rejuvenesceria a base e os manteria como clientes, garantindo assim os índices de depósito, enquanto ganhava fôlego para atrair novos investidores.

Desafio: Viabilizar a produção de cofrinhos colecionáveis, sem que houvesse a necessidade de extravio para retirada das moedas e conseguir atender ao prazo de entrega que correspondia a lotes diários de 50.000 unidades.

Solução: Desenvolvemos os cofrinhos em material emborrachado para atrair o público infantil, e criamos um dispositivo para retirada das moedas facilmente. A qualidade do produto superou todas as expectativas, o cronograma foi cumprido e a CAIXA obteve um recorde na abertura de contas poupança: somente nos primeiros 30 dias foram captados R$ 1.4 bilhões em depósitos, o que representava 96% da meta anual fixada pela instituição.